fbpx
Landing pages

As primeiras ‘landing pages’ de 10 empresas de sucesso eram assim

Facebook, Amazon, Uber, Spotify. Como foram suas primeiras landing pages? Continue lendo...

Facebook, Amazon, Uber, Spotify. Todos temos um passado e as empresas bem consolidadas não são exceção. Quando deram seus primeiros passos, essas empresas também lançaram os serviços com anúncios na melhor vitrine que se puderam imaginar. Como foram suas primeiras landing pages? Continue lendo…

Já sabemos o que uma deve ter para ser considerada eficaz (ou seja, que atraia clientes). Deve ter um título que destaque, informação (mas apenas a estritamente necessária; lembre-se que distrações não são aconselháveis ​​nestas páginas), deixar bem claro o benefício que proporciona e ter um call to action (CTA) perfeitamente visível. Hoje, a maioria das empresas de sucesso segue esses mandamentos em seus sites. Mas, foi assim que fizeram no início? Veja estes dez exemplos e encontre a resposta…

Airbnb

Além de trocar o logo, a empresa preferiu simplificar ao máximo sua landing page. Não deram nenhuma chance para o usuário de se distrair; aqui eles foram direto ao assunto.

Amazon

O coquetel de elementos que o especialista de Jeff Bezos usou no site nos primórdios da Amazon é digno de uma web do início do milênio, claro. Atenção, não é dizer que agora o site seja muito mais enxuto, de fato é uma landing que está um pouco saturada. Ainda assim, se vê claramente como usá-la dependendo do que você deseja fazer.

Booking

Animem-se, temos uma lista de possíveis destinos “baratérrimos” para que você não diga que não tem diversas opções de escolha; assim foi como o Booking foi lançado. Felizmente, o minimalismo acabou assumindo o controle de sua landing page.

Facebook

E por falar em simplicidade … aqui está o Facebook, que ao ser lançado como uma rede social para universidades precisava de explicar algumas coisas em sua página inicial (agora são desnecessárias). E, como se vê, não investia em rodeios em seu design. Zuckerberg sempre soube bem o que fazer.

Google

Claro que o Google tem muito história, mas também é verdade que sua landing page quase não mudou em todos esses anos. Repare bem nesta versão beta, praticamente idêntica à atual, com exceção do tipo de letra e do ponto de exclamação. Talvez eles tenham acabado achando que a exclamação distraia muito… 

Instagram

Ao ser lançado, acharam que era necessário esclarecer em que consistia sua proposta de rede social e o fizeram na landing page. Agora, é o exemplo perfeito do que precisa ser feito.

Skyscanner

É muito provável que você tenha usado este motor de busca para planejar suas viagens. É simples, é tudo fácil de entender, limpo… Mas em 2003 não era assim. Além de possuir abas diferenciadas com várias visualizações (por meses, semanas ou dias), a quantidade de links que você via espalhados por todo o site o tornava muito distante do conceito “user friendly” …

Spotify

Algo muito familiar para você, certo? Pois o Spotify é perfeitamente comparável ao que vimos no caso do Facebook e do Instagram: uma landing page que inicialmente fornecia certas informações usando caracteres pequenos. Era preciso explicar em que consistia o serviço, já que era algo totalmente novo! Quase 15 anos depois, a plataforma é tão conhecida que já em sua página inicial eles oferecem a assinatura da versão premium. Quem chega aqui, já sabe porque veio.

Uber

O primeiro site do Uber foi lançado um pouco antes de 2010; aqui temos sua landing page de 2011. Sabemos, e concordamos com você: dói só de vê-la. Mas, deixando de lado a tipografia e o carrão… você está diante de uma página que contém quase todos os elementos que descreveríamos como necessários. Ainda bem que eles mantiveram a essência, mas progrediram ao que são hoje.

Zappos

Amazon e Zappos são dois casos muito parecidos: a primeira landing tinha informação demais, era cheia de links, quase sem ter um design… agora sua landing é muito mais simples, para a satisfação dos usuários.

Photo by KOBU Agency on Unsplash.

Compartilhe esta postagem

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram

Compartilhe esta postagem

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram

Inscrever-se no blog

Pode interessar a você