Post TalkX Brian Brackeen 2022

Brian Brackeen tem os melhores conselhos para o empreendedorismo (e para a vida)

Celebramos uma nova TalkX com Brian Brackeen; de todas as coisas que ele nos contou, ficamos com uma dica que não será útil apenas se você estiver empreendendo: pode se tornar seu novo mantra.

Com pouco tempo para assimilar a conversa com Lolita Taub, já realizamos a próxima TalkX do programa Explorer, com Brian Brackeen. Tínhamos boas recordações da sua passagem pela edição anterior e, embora desta vez tenha focado em questões mais técnicas, a sua franqueza, as suas piadas e as suas gargalhadas não decepcionaram.

 

Ana Maria Manda, mentora de startups e especialista em liderança, foi a host desta palestra. Sua apresentação, mais do que enérgica, deixou claro que os minutos seguintes seriam muito, mas muito intensos. E não nos equivocamos, pois depois de nos deixar várias pérolas sobre as quais falaremos em breve, chegou uma das melhores dicas que ouvimos em uma TalkX. Você quer ter sucesso? “Fazer o que você tem que fazer é sempre a coisa certa a fazer.” Palavra de Brian Brackeen.

 

Por que levamos tão a sério tudo o que ele diz com seu eterno sorriso? Porque ele sabe muito bem do que está falando. Depois de explorar um pouco seu início em empresas tão importantes quanto a Apple (“Adoro aquela empresa, mas saí de lá porque queria mudar o mundo“, confessou), ele nos contou como criou o Kairos, a empresa de reconhecimento facial que o tornou famoso, e quanto significou para ele se cercar das pessoas certas. “Tudo gira em torno dos colegas com quem você trabalha; há humanos por trás das decisões que são tomadas. Não só é importante ouvir seu cliente e saber o que ele quer, mas o mesmo deve ser feito com sua equipe. Talvez existam pessoas que não estão trabalhando onde deveriam ou onde querem. Nesses casos, as decisões são tomadas e são muito difíceis, mas isso não significa que sejam negativas; essas mesmas pessoas podem estar no futuro da empresa mesmo que não façam parte dela. O mais bonito do empreendedorismo é que os momentos ruins são ruins, sim, mas os bons são muuuuito bons!”, explicou.

 

Claro que, para realizar este exercício, a transparência e um código de ética são essenciais, valores aos quais você pode se apoiar. “É importante ter uma espécie de constituição em sua própria empresa“, assegura ele. Com ela, você estará formando uma força de trabalho que entenderá o ponto de vista da empresa. “A melhor coisa sobre a equipe que montei é que ela faz você acreditar que pode mudar o mundo com seu aprendizado e experiência”, afirma ele, com os olhos brilhando de orgulho.

 

Qual é o papel da mulher neste cenário? Para Brian é fundamental, daí que o sócio geral da Lightship Capital, de onde apoiam empresários sub-representados, comenta: “Investimos em mulheres imigrantes ou pertencentes a grupos desfavorecidos, que não têm acesso a financiamento. Além disso, quase 99% dos fundos são controlados por homens, então se você é mulher…”, expõe. Brian deixa eloquentemente a frase em suspense para continuar: “Os homens fazem perguntas muito diferentes às mulheres do que fariam a outro homem“, conclui.

 

As questões levantadas pelo público trouxeram consigo a oportunidade de insistir nesses temas. Por exemplo, Brian explicou como manter uma equipe unida (Ana María, nossa host, fez sua parte explicando que “dar às pessoas a oportunidade de ter sucesso também é um sucesso para você”), o que os investidores procuram, como equilibrar a vida pessoal e profissional ou qual livro recomendaria para abordar conversas difíceis. Quer saber quais foram suas respostas? Aperte o play:

Como sempre, um grupo de Explorers teve a oportunidade de falar com Brian na sessão privada de Q&A que foi realizada após a TalkX. Se você também quer conversar cara a cara com pessoas tão inspiradoras, não pense duas vezes e inscreva-se no Explorer: a nova convocatória já está aberta!

Compartilhe esta postagem

Compartilhe esta postagem

Inscrever-se no blog

explorer pt

Pode interessar a você

Webinar Pitch Ana Carolina Merighe

As sete coisas proibidas em um pitch

Ana Carolina Merighe comandou o webinar sobre pitching nesta edição do Explorer e, ao longo de sua palestra, nos revelou as sete coisas que podem estragar seu discurso. Nós as resumimos nesta lista, tome nota!