Panel Alumni segunda edición 2022

Os conselhos de Alumni Explorer para fazer uma landing page perfeita

Cada Painel Alumni que acontece nas diferentes edições do Explorer revela tips muito interessantes de como fazer uma landing page perfeita, explicadas por nossos convidados. Reunimos todos os seus conselhos nestas listas práticas.

Em cada edição do Explorer, um dos momentos mais esperados é o Painel Alumni, o encontro em que três participantes que já passaram pelo programa explicam como criar uma landing page perfeita. Eles também respondem ao vivo as perguntas que o público deixa em nosso canal na Twitch.

Nesta ocasião, os convidados foram Luenne Coelho (Copo Vivo), Helena Arias (Light Pills) e Massimo Angelini (Orpheus), que sucedem aos nossos oradores anteriores: Carolina Lacasta (My Feeting Room), Esther Pina (Secret Sound) e Santiago Jiménez (Liight). Cada um deu conselhos com base em sua própria experiência; você tem todos eles nos vídeos que encontrará neste post. Mas antes, te deixamos seus tips mais destacados numa cómoda lista que as resume, para que as possa consultar quando quiser.

Luenne Coelho (Copo Vivo, startup que transforma plástico em painéis para uso industrial)

  • Você tem que compor uma página simples que todos entendam (um erro que ela cometeu na sua primeira landing, por exemplo, foi focar demais no design e deixar  muito abaixo a parte mais importante do projeto).
  • Não se preocupe demais com a forma: dê mais importância ao conteúdo.
  • Teste o resultado em vários navegadores para verificar se consegue ver bem, independentemente do sistema operacional usado. E, claro, não se esqueça de fazer um design responsivo, para que se adapte sem problemas à visualização em um smartphone.
  • Você deve ter em mente a quem você direciona o conteúdo da sua landing page.
  • A explicação da dor e da solução e o texto que você usa para solicitar o contato dos usuários é o mais importante em uma landing page.
  • Apaixone-se pelo problema, não pela solução, pois podem existir um montão delas; você mesmx pode encontrar várias respostas para a mesma dor e mudá-las ao longo da sua trajetória.
  • Disfrute de toda a jornada do empreendedorismo.

Helena Arias (Light Pills: transforma garrafas plásticas em dispositivos em forma de plugues que funcionam como fontes de luz e purificadores de água)

  • Mesmo que o design não esteja perfeito, pode começar a exibi-lo; você vai polir ele depois.
  • Se você tem amigos programadores, peça feedback a eles. Todos vão dizer o que acharam da sua landing: pergunte sem medo.
  • A solução do problema deve ser resumida; em geral, é preferível que não haja muito texto: o suficiente para explicar aos potenciais clientes em que consiste o seu produto e para que eles queiram lê-lo, pois não é excessivamente longo.
  • Você deve saber o que deseja alcançar com o CTA, para que a chamada à ação seja bem-sucedida. E, claro, medir os resultados é obrigatório.
  • Não tenha medo de falhar, é normal. Cada erro trará consigo conhecimento; um empreendedor está sempre aprendendo.

     

Massimo Angelini (Orpheus: experiências sustentáveis ​​e saudáveis ​​nos interiores de edifícios)

  • Pesquise entre as plataformas e ferramentas no-code (sempre que puder, use-as) para encontrar a que melhor se adapta ao que você deseja de forma simples.
  • Cuide muito bem do conteúdo da sua landing page.
  • Use textos curtos. As melhores mensagens são aquelas que você pode enviar em um tweet, e é por isso que o Twitter é tão famoso.
  • A chave do sucesso não está na CTA, mas no conteúdo da sua landing page. É isso que vai convencer os usuários a clicarem em um CTA que os leve a gastar dinheiro em seu produto.
  • Mantenha a paixão pelo seu projeto, pelo que importa para você. Desta forma, você terá mais chances de alcançar o sucesso.
  • Pratique o networking. Isso não vão te ensinar em nenhuma universidade, em nenhuma escola, e é uma das coisas mais importantes na hora de empreender.

Carolina Lacasta (My Feeting Room: aplicativo que escaneia o seu pé para saber se o tamanho do sapato está correto antes de fazer uma compra online)

  • Criar uma landing page do zero, sem saber nada de informática, é fácil com as ferramentas no code atuais.
  • Os usuários demoram menos de 5 milissegundos para ter uma ideia da sua web. E a concorrência é brutal, por isso deve pensar muito bem nos textos, no design ou no logo para que chamem muita atenção. Decidir entre uma ferramenta ou outra é quase o de menos.
  • O importante é pensar na dor do usuário e lhe dar o que ele necessita, mas sem incluir todos os detalhes nos copys para que siga lendo e fazendo scroll. 
  • Eu recomendo que a landing page não seja muito extensa. Deve ter uma primeira captura de tela muito boa e sem elementos que não aportam valor agregado.
  • Além disso, é importante saber onde vão ler a landing: em um smartphone, no computador, em um tablet… Se você se concentrar no que verão no celular, poderá focar no mais importante. Depois você irá adicionando coisas para a versão do computador.
  • A linguagem depende do seu cliente; é necessário analisar bem o nicho ao que nos dirigimos com nossas mensagens.
  • Quando você forma uma equipe, tem que se assegurar desde o começo de que o resto das pessoas quer o mesmo que você.
  • O perfeito é inimigo do bom.
  • É fácil conseguir leads com o CTA adequado

Santiago Jiménez (Liight: app que promove hábitos sustentáveis ​​através da gamificação)

  • O desafio é saber o que você quer colocar na sua landing e como quer colocar.
  • É necessário mudar a mensagem se você percebe que ela não funciona. Deve pensar que pessoa vai parar na sua landing.
  • Se tiver diferentes perfis de cliente, seria recomendável que contasse com diferentes landings.
  • É sempre preferível incluir elementos simples, que não causam problemas, a outros mais espetaculares, mas também mais complicados, já que podem causar falhas.
  • Tenha em conta que será interessante estar em várias plataformas, como TikTok, Facebook ou Linkedin, e que em cada uma delas você terá que aplicar um formato e linguagem diferente. Não existe canal melhor ou pior, tudo depende de onde seus clientes estão.
  • É melhor se concentrar em uma coisa e não querer cobrir tudo de uma vez, porque então problemas maiores surgem por não ter olhado com cuidado, calma e separadamente para cada um dos aspectos.
  • Para testar a landing page, passe-a primeiro para familiares e amigos. É melhor fazer coisas mais simples que não dão falhas do que se envolver em coisas mais complicadas que podem dar errado e te atrasar.
  • Tente construir laços no Explorer, já que você terá a oportunidade de conhecer pessoas muito boas que sempre poderão ajudá-lo.

Esther Pina (Secret Sound: startup que gerencia a acessibilidade para pessoas com problemas auditivos e de linguagem na indústria audiovisual)

  • Em um MBA eles te preparam para tudo, exceto para fazer landing pages… e deveriam.
  • Você tem que passar por várias etapas nos copys, testar e cometer erros. Você não perde nada, você só vai aprender.
  • Também é necessário fomentar as relações humanas. A comunicação é entre pessoas, você tem que dar um toque humano. Isso pode te ajudar a diferenciar-se.

Quer aprender a fazer uma landing page e validar sua ideia de negócio? Faça sua pré-inscrição no Explorer hoje mesmo.

Compartilhe esta postagem

Compartilhe esta postagem

Inscrever-se no blog

explorer pt

Pode interessar a você

Convocatoria Explorer 2023.1

Realize seu sonho em 12 semanas: inscreva-se no Explorer!

Está aberta uma nova convocatória do Explorer: agora sim, você tem diante de si a oportunidade perfeita para provar que a ideia que está na sua cabeça há muito tempo pode se tornar o caminho para alcançar a independência financeira que você deseja. E você só precisa apertar um botão.